AHM – Inventário Gab Min (Tm)

 

ARQUIVO HISTÓRICO MILITAR

 INVENTÁRIO – TRANSMISSÕES

 FUNDO 6 – Repartição de Gabinete do Ministro da Guerra / Exército

Este Inventário refere-se à documentação do Fundo 6 – Repartição de Gabinete do Ministro da Guerra/Exército, existente no AHM, com referência ao tema “Transmissões”. As datas extremas do catálogo completo vão desde 1911 a 1975, e é composto por 1.236 caixas. O Fundo está organizado em  11 Secções, como segue:

A – QGFON (1927) – (Quartel-General das Forças de Operações no Norte)

B – Processos Privativos (1930 – 1947)

C – QGFO (1931) – (Quartel general das Forças de Operações )

D – Secção de Confidenciais (1936 – 1947)

E – Serviço de Ordem Pública (1945 – 1947)

F – Serviço de Mobilização Industrial (1945 – 1947)

G – 1ª Secção – Acção Política e Ordem Pública (1948 – 1958)

H – 2ª Secção – Mobilização Militar (1948 – 1958)

I – 1ª Secção – Assuntos Gerais (1959 – 1974)

J – 2ª Secção – Estudos e Jurídica (1959 – 1974)

L – Secção de Expediente e Arquivo (1914 – 1975)

Em quase todas as Secções está referida a existência de documentação relacionada com as Transmissões.

Incluiu-se uma parte da documentação da Cheret e da Informática do Exército, por serem as Transmissões herdeiras destes órgãos do Exército.

Inventário – Quando a descrição se baseia sobretudo na Série Documental.

Catálogo – Quando a descrição desce ao nível do Documento.

Nota de Aniceto Afonso.

PT – Portugal

AHM – Arquivo Histórico Militar

FO – Fundos Orgânicos

SC. – Secção

SR. – Série

Cx. – Caixa

SSR – Sub-Série

:::::::::::::::

PT/AHM-FO/06

 

SC. B: PROCESSOS PRIVATIVOS (1930 – 1959)

SR. 4 – Processos do tenente-coronel Botelho Moniz

Cx. 16:

1 – Correspondência expedida com informações sobre material de guerra, de transmissões e de observação, 1941

SC. D: SECÇÃO  DE CONFIDENCIAIS (1936 – 1947)

SR. 25 – Aeronáutica

Cx. 50:

17 – Defesa antiaérea de Lisboa: transmissões (…), 1943

SR. 29 – Direcção da Arma de Engenharia

Cx. 61:

9 – Depósito Geral de Material de Transmissões, de Queluz, 1943

30 – Depósito Geral de Material de Transmissões, 1946

SC. E: SERVIÇO DE ORDEM PUBLICA (1945 – 1946)

SR. 1 – Processos sobre Ordem Pública

Cx. 124:

8 – Informações da secção de Adidos da Guarnição de Lisboa, quartel da Graça (contém fotografias e plantas), Batalhão de Transmissões, Regimento de Engenharia 2, Batalhão de Telegrafistas e Batalhão de Telegrafistas de Lisboa (Graça), 1945

22 – Panfletos e jornais clandestinos. Averiguações no Batalhão de Telegrafistas, 1946

SC. G: 1ª SECÇÃO – ACÇÃO POLÍTICA E ORDEM PÚBLICA (1947 – 1958)

SR. 6 – Processos do Adido Militar em Londres

Cx. 182:

34 – Defesa costeira de Lisboa, “Plano B” (contém defesa costeira da Madeira e material de transmissões para a Bataria do Pico da Cruz, 1954).

SR. 16 – Material de Guerra

Cx. 191:

39 – Mocidade Portuguesa: consumo de munições, espingardas Mauser 7,9 m/904-939, 80 espingardas do Batalhão de Caçadores 5 para o Batalhão de Telegrafistas, 1949

49 – Legião Portuguesa: caso das 200 granadas de mão defensivas, plano de consumo de munições, relações de material de transmissões, pedido de material de aquartelamento, mapa de artigos de material de guerra em carga, capacetes e material para instrução de tiro e para a parada de 28 de Maio, 1950

SR. 17 – Cifra

Datas: 1947 – 1958

Dimensões: 12 processos (cxs. 200- 201).

Assunto:

Cx. 200:

1 –  Cifra: máquinas criptográficas e chaves, comandos militares da Madeira, Açores, Cabo Verde, Angola, Moçambique e Macau, 1947

2 – Cifra: Governo Militar da Madeira, orçamento para uma máquina criptográfica e criação de uma sub-rede, 1948

3 – Cifra: viatura Jeep para o Batalhão Independente de Infantaria 17, visita a Air Transport Station das Lages e ao navio escola “Sebastien del Cano”, aquisição de fava nos Açores e caso do Açúcar, 1949

4 – Cifra: governos militares da Madeira, Açores, Cabo Verde, adido militar em Londres, 1950

5 – Cifra: Continente, adido militar em Londres, governos militares dos Açores, Cabo Verde, Índia, Macau e Moçambique, 1951

6 – Cifra: Estado Maior do Exército e 1ª, 2ª, 3ª e 4ª Regiões Militares, governos militares de Elvas, Madeira, Açores, Cabo Verde, Guiné, São Tomé e Príncipe, Regimento de Artilharia de Costa, adidos militares de Londres, Madrid, Paris e Washington, comandos militares de Angola, Moçambique, Índia, Macau e Timor, curso de operadores e mecânicos no SHAPE para máquinas de cifrar, organização do serviço de Cifra no Exército, 1952

7 – Cifra: Estado Maior do Exército, governos militares da Madeira, Açores, Cabo Verde, organização do serviço de cifra do Estado Maior do Exército, orgânica do serviço de cifra do Ministério do Exército à Defesa Nacional e instruções de funcionamento do serviço de cifra, 1953

Cx. 201

8 – Cifra: Centro de Cifra do Ministério do Exército, material cripto NATO e pessoal cripto, serviço cifra  e inspecções nos comandos militares da Madeira e dos Açores, correios militares, funcionamento do serviço de cifra, telegramas sobre o caso da Índia, centro de Criptos dos adidos militares, material de comunicações destinada ao EME enviado pelo SHAPE e instalações cripto fixas, 1954

9 – Cifra: criação de um centro cripto na Índia, informações policiais e de serviço, material cripto e funcionamento do serviço de cifra, 1955

10 – Cifra: pessoal  e cursos e material cripto, 1956

11 – Cifra: montagem de centros cripto ACP 102, funcionamento do serviço de cifra e pessoal, 1957

12 – Pessoal e funcionamento da Cifra, 1958.

Organização: Ordenação por nº original de processo e cronológica.

SR. 22 – Obras

Cx. 209

6 – Obras no Batalhão de Telegrafistas 3, terraplanagem na carreira de tiro da Serra da Carregueira, 1956

SR. 28 – Assuntos de Carácter Geral

Cx. 220:

20 – (…) Telecomunicações com Cabo Verde, Guiné, Angola e Moçambique, 1957

Cx. 230:

29 – (…) Pedidos de cedência à Legião Portuguesa de armamento, material de sapadores e explosivos, material de transmissões e material automóvel, 1952

SR. 32 – Defesa Anti-Aérea

Cx. 232

13 – Transmissões: montagem e despesas com novas linhas, 1958

SR. 33 – Defesa Costeira (plano Barron)

Cx. 233:

5 – Defesa costeira e marítima de Lisboa – Missão Plano B: “Transmissões – Guia para as redes de operações  e administrativa do GAC e GAC,s” (…), 1945 – 1949

8 – Defesa costeira e marítima de Lisboa – Missão Plano B: “Relatório 17 da Bataria da Lage”, “Transmissões da Bataria da Lage” (contém planos a p/b), 1946 – 1948

9 – Defesa costeira e marítima de Lisboa – Missão Plano B: (…) “Transmissões – Bataria da Parede” (…), 1946 – 1948

Cx. 235:

16 – Defesa costeira e marítima de Lisboa – Missão Plano B: “Transmissões – Bataria de Alcabideche” (…), 1946 – 1948

Cx. 236:

22 – (…) “Transmissões – Bataria do Outão Velho” (…), 1946 – 1948

28 – Defesa costeira: Plano da defesa costeira de Lisboa, transmissões, redes das batarias, pessoal montador de T.P.F, colocações de pessoal (…), 1951

SR. 34 – Pacto do Atlântico Norte (PAN)

SSR. 6 – Plano Suplementar de Defesa, 1952 – 1958

Cx. 245:

58 – Material de sapadores e de transmissões, 1952

SSR. 8 – Material de guerra estrangeiro, 1950 – 1958

Cx. 251:

91 – (…) Faltas encontradas no material de transmissões vindo no S/S Maria Fausta G, (…), material de rádio para mobilização, 1953 – 1954

SSR. 10 – NATO, 1951 – 1958

Cx. 256:

119 – Criação do organismo para a segurança das telecomunicações portuguesas e seu aperfeiçoamento, 1956

SSR. 12 – Diversos, 1951 – 1959

Cx. 257:

130 – Importação de pombos-correios Belgas, (…), 1952

Cx. 258:

136 – (…) Estudo de todos os sistemas de transmissões existentes em Portugal (…), 1953

137 – (…) Participação do Batalhão de Telegrafistas no exercício Mariner, (…) Controle das emissões rádiotelegráficas em tempo de guerra (…),  1953

138 – (…) Reunião em Lisboa do “Comité” europeu de Coordenação das Transmissões Militares, utilização para fins militares da rede civil de telecomunicações (…),  1953 – 1956

Cx. 263:

163 – (…) Estações radiotelegráficas do Comando Militar de Angola para notificação à União Internacional de Telecomunicações, 1957

SSR. 10 – STOP (Transmissões), 1951 – 1959

Cx. 294:

163 – Serviço de Telecomunicações de Ordem Pública: normas para funcionamento do serviço, instalação de postos-rádio, relatórios mensais de transmissões, 1951

165 – Relatórios mensais, inspecção aos postos-rádio, ordens de transmissões, 1952

166 – Instalação de postos-rádios, propostas de aquisição de material e ampliação da rede, relatórios mensais de transmissões, 1953

167 – Relatórios mensais de transmissões, instalação de postos-rádio, pedidos de pessoal, 1954

168 – Rede de transmissões de ordem pública, reparações de material de transmissões, instalação de postos-rádio, relatórios mensais, pedidos de pessoal, 1955

Cx. 295:

169 – Relatórios mensais, manutenção das redes de ordem pública, fornecimento e instalação de postos-rádio, relações de material de transmissões, 1956

170 – Relatórios mensais, manutenção da rede de ordem pública, 1957

171 – Relatórios mensais, manutenção de material de transmissões, colocação de pessoal de transmissões, instalação de postos-rádio, 1958 – 1959

SR. 36 – Assuntos do Ministro da Defesa Nacional e do Exército

Datas: 1951 – 1956

Cx. 298:

2 – (…) Redes de TSF do Exército, (…) Serviço de telecomunicações militares, (…), 1954

4 –  (…) Rede de transmissões e sinalização nas batarias da Raposa, Alcabideche e Parede (contém plantas), (…), 1954 – 1957

SC. H: 2ª SECÇÃO – MOBILIZAÇÃO MILITAR, ESTUDOS E PROJECTOS

SR. 2  – Requisição de amostras de selos das U/E/O militares

Cx. 317:

45 – Escola de Transmissões, 1940

70 – Depósito Geral de Material de Transmissões, 1940

SR. 8 – Comissão de Instalação do Acampamento de Fátima

Cx. 334:

14 – Material de transmissões, 1951

SR. 9 – Diversos (continente, ilhas e colónias)

Datas: 1933 – 1958

Cx. 336:

1 – Estudo da possibilidade de execução de material de TSF de campanha nas oficinas do batalhão de telegrafistas, s.d.

SR. 11 – Organização militar das ilhas

SSR. 1 – Mobilização e estacionamento de unidades nas ilhas

Cx. 341:

13 – Companhia de Sapadores (contém croquis e planos de transmissões), 1941

SR. 16 – Comando Militar dos Açores

Cx. 357:

7 – Processo da Secção de Rearmamento do Exército sobre organização das transmissões nos Açores, 1942

Cx. 358:

18 – Acordo dos Açores: serviço telegráfico militar, 1945

SR. 18 – Delegações Militares nas Ilhas

Datas: 1941 – 1948

SSR. 8 – Transmissões

Cx. 368:

33 – Serviços de transmissões dos Açores, 1941

34 – Serviço de transmissões dos Açores, 1942 – 1943

SR. 21 – Distribuição de material para as ilhas

Cx. 378:

21 – Distribuição de material de Transmissões, 1943 – 1945

SR. 27 – Pessoal para as colónias

SSR. 1 – Nomeações e transferências (1940 – 1950)

Cx. 387:

13 – Nomeações para a Companhia Mista de Transmissões, 1944 – 1945

SR. 28 – Forças expedicionárias

SSR. 1 – África Oriental Portuguesa (1945 – 1946)

Cx. 400:

1 – Localização de peças, observatórios e projectores, organização do serviço automóvel, instruções para barracas cónicas, serviço de transmissões, quadros orgânicos e material em falta, 1945

SR. 33 – Comando Militar de Angola

Cx. 406:

6 – Companhia de Transmissões do 2º Batalhão Independente de Infantaria 18 (contém mapas), 1948

SR. 35 – Índia

Cx. 411:

8 – Relatórios de transmissões, 1955

SR. 42 – Distribuição de material para as colónias

Cx. 434:

26 – Distribuição de material de transmissões, 1942 – 1946

SC. I: 1ª SECÇÃO – ASSUNTOS GERAIS E PROTOCOLO

SR. 5 –  Operações

Cx. 472:

5 – (…) Transmissões de Macau e Timor, 1961

SR. 7 – Informações

Cx. 476:

7 – Serviço de Transmissões na Rede de Ordem Pública (STOP), 1960

SR. 8 – Cifra

Cx. 477:

1 – Pessoal e certificados de segurança, 1959

2 – Funcionamento do serviço de Cifra, 1959

3 – Demora nas transmissões de telegramas durante os embarques para o Estado da Índia, 1959

SR. 11 – Logística

Cx. 481:

3 – Organização, constituição e emprego do DSIE 5: pessoal, armamento, munições e transmissões, 1958

4 – Organização, constituição e emprego do DSIE 6: pessoal, armamento, munições, transmissões, viaturas e combustíveis, 1958 – 1960

SC. J: 2ª SECÇÃO – SECÇÃO DE ESTUDOS E JURÍDICA

SR. 1 – Organização e Política Militar

Cx. 530:

2 – (…) Atribuição de funções às direcções de Armas e Inspecções, criação da Arma de Transmissões, 1960 – 1961

Cx. 532:

25 – Reorganização e regulamento da Arma de Transmissões, 1964 – 1968

27 – Organização territorial do Batalhão de Reconhecimento de Transmissões, 1964

Cx. 533:

31 – Reorganização do Depósito Geral de Material de Transmissões, 1965

33 – Criação do Regimento de Transmissões, 1965 – 1966

SR: 2 – Informações e Segurança

Cx. 534:

4 – Funcionamento do Serviço de Reconhecimento das Transmissões, 1960

SR: 3 – Instrução

Cx. 538:

41 – Batalhão de Telegrafistas (contém mapas), 1960

SR. 7 – Servidões Militares

Cx. 555:

33 – Depósito de Transmissões em Linda-a-Velha (contém planta), 1966 – 1969

104 – Quartel da Cruz dos Quatro Caminhos do Batalhão de Telegrafistas em Lisboa (contém plantas), 1969 – 1970

SR. 12 – Serviço Mecanográfico do Exército

Cx. 568:

1 – Comissão para o estudo da mecanografia no Exército, memorial, quadros de equipamento, empresas com sistemas mecanográficos, 1959

2 – Organização, constituição e normas, vencimentos, organogramas e projecto de diploma, 1960 – 1961

3 – Relatórios da missão de estudo do Serviço Mecanográfico do Exército enviados para a Bélgica e a França, 1960

4 – Relatório anual do Serviço Mecanográfico , 1961

5 – Fornecimento de equipamento e plano para obras, 1960

6 – Unificação do equipamento e estudo do contrato com a IBM, 1959 – 1961

7 – Admissão de pessoal civil contratado, 1961

8 – Projecto do decreto-lei para alteração ao quadro e reorganização do serviço, 1963 – 1971

9 – Actividade estatística da Chefia dos Serviços Mecanográficos, 1963 – 1966

10 – Programa provisório para cursos sobre investigação operacional e relatório sobre investigação operacional militar, 1963

11 – Mecanização de trabalhos da Fábrica Militar de Braço de Prata, 1963

12 – Controle de recrutamento da instrução e mobilização feito pelos Serviços Mecanográficos do Exército, 1962 – 1964

13 – Relatório da posse da chefia do Serviço Mecanográfico do Exército, 1964

14 – Criação do Centro de Estudos para a Investigação Operacional, 1965 – 1969

15 – Mecanização de vencimentos do Exército na metrópole e estudo para mecanização de outros serviços, 1966 – 1968

16 – Exposição apresentada por uma ex. funcionária do Serviço, 1967

17 – Pedido de gratificação ao pessoal fora do horário normal, 1968 – 1969

Organização: Ordenado por nº original de processo.

SR. 15 – Quadros e efectivos

Cx. 580:

4 – (…) Fixação de quadros para a Arma de Transmissões, 1959 – 1962

Cx. 581:

15 – Lei de quadros e efectivos, projecto para criação da Arma de Transmissões, 1966 – 1970

16 – Criação da Arma de Transmissões e da escola prática, relação dos oficiais engenheiros para o novo quadro, mapas e quadros orgânicos do Centro de Instrução de Operações Especiais, 1967 – 1971

SR. 18 – Pessoal

Cx. 584:

12 – Competência disciplinar dos chefes do Serviço Postal Militar e dos chefes das Chefias de Reconhecimento das Transmissões, 1969

SR. 27 – Ultramar

Cx. 612:

19 – Reorganização da Engenharia e das Transmissões no ultramar, (…), 1963 – 1968

Cx. 613:

50 – Quadros orgânicos das transmissões de Angola (…), 1968 – 1971

SR. 31 – Diversos

Cx. 617:

1 – Força Aérea e Aeronáutica: recrutamento de pessoal, vencimentos, normas de correspondência, comunicações ar-terra nas operações militares, 1959 – 1962

SC. L: SECÇÃO DE EXPEDIENTE E ARQUIVO

SR. 2 – Comissões

Cx. 643:

12 – (…) Proposta para estudo da cooperação dos serviços telegráficos dos CTT com os serviços telegráficos militares, (…), 1942

22 – (…) Comissão de coordenação das telecomunicações, (…),  1956 – 1958

Cx. 644:

23 – (…) Estudo dos sistemas de telecomunicações por feixes dirigidos a utilizar nas redes de Angola e Moçambique (…), 1959

SR. 3 – Escolas de Recrutas, Instrução de Especialidades, Cursos e Manobras

Cx. 646:

7 – (…) Cursos de aperfeiçoamento em radiotelegrafia e comunicações para oficiais na Escola de Mecânicos, (…), 1939

8 – Estágios de radiotelegrafistas e curso de telegrafistas, (…), 1940

11 – (…) Curso para aperfeiçoamento de oficiais em radiotelegrafia e comunicações, (…), 1943

Cx. 649:

24 – (…) Constituição da Companhia de Transmissões Divisionária na Escola Prática de Engenharia, directiva para a instrução das tropas de transmissões, 1954

Cx. 653:

30 – (…) Relatório da inspecção às tropas de Transmissões da 3ª Divisão (…), 1957

SR. 6 – Organização do Exército, Aquartelamento e Obras

Cx. 685:

28 – (…) Estudo do aquartelamento da Escola Prática de Transmissões (contém plantas) (…), 1956

Cx. 697:

53 – (…) Informações e propostas do Serviço de Telecomunicações Militares, 1962

Cx. 698:

55 – Aquisição de equipamentos de transmissões para o ultramar, verba da OFMEU (Orçamento das Forças Armadas Militares do Estado do Ultramar) para obras no Serviço de Telecomunicações Militares, 1963

Cx. 699:

59 – (…) Dependência do Serviço de Telecomunicações Militares, 1964

60 – Criação do Batalhão de Reconhecimento das Transmissões, (…), 1965

Cx. 703:

79 – Mapas e esquemas da rede telefónica, correios, telégrafos e telefones, 1960

SR. 7 – Regulamentos e leis

Cx. 705:

2 – (…) Projecto de decreto sobre o regulamento das Brigadas de Telegrafistas,  1932

3 – (…) Alteração ao regulamento das Brigadas de Telegrafistas, 1932 – 1933

Cx. 712:

46 – (…) Projecto de regulamento do Serviço de Telecomunicações Militares, (…), 1949

Cx. 714:

61 – (…) Regulamento (…) do Serviço de Telecomunicações Militares, (…), 1952

Cx. 716:

74 – Regulamento da exploração das transmissões, 1964

SR. 9 – Uniformes e Calçado

Cx. 717:

1 – (…) Proposta de emblemas a usar pelas praças do Regimento de Telegrafistas que devem ser usados com o uniforme 4, 1932

SR. 15 – Publicações

Cx. 763:

2 – (…) Instruções gerais sobre a organização do serviço de Transmissões na Artilharia, (…),  1933

SR. 17 – Relatórios, projectos e informações

Cx. 773:

18 – (…) Relatório dos trabalhos efectuados pela Direcção da Arma de Transmissões, 1947

SR. 23 – Recrutamento, pessoal permanente e lei nº 1040 – amparos

Cx. 784:

5 – Pedido de efectivos para o Regimento de Telegrafistas, (…), 1934

SR. 24 – Inventos

Cx. 792:

1 – (…) Invenção de um aparelho que permite a transmissão telefónica mesmo com máscara de gás, (…), 1932  – 1935

SR. 27 – Aviação militar

Cx. 802:

31 – (…) Ingresso de sargentos milicianos do Batalhão de Caçadores Paraquedistas no quadro permanente da Arma de Transmissões, (…), 1960.

SR. 67 – Órgãos e serviços do Ministério do Exército

Cx. 948:

11 – Assuntos da Direcção à Arma de Transmissões, 1973

SR. 68 – Diversos

Cx. 950:

17 – Cooperação entre CTT e Postos de Rádio militares para excussão do serviço telegráfico público no aeródromo em Sintra, projecto de Protecção ao Pombo Correio, unificação das redes telefónicas privativas de diversos serviços públicos de Lisboa, deficiências na rede do Serviço Telecomunicações Militares, pelo serviço de escuta CHECIE, estudo das redes permanentes do Ultramar, mobilização do Pessoal para completo da delegação do S.T.M. em Angola, 1941 – 1963.

Anúncios

Um comentário a “AHM – Inventário Gab Min (Tm)

  1. Penso que se trata de outro conjunto importante de documentos que Aniceto Afonso teve o mérito de selecionar . Julgo que compete à CHT não desperdiçar esta oportunidade e encontrar forma de explorar esta fonte. Inclusivamente para encontrar matéria para alimentar o blogue.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s