As Tm no nº 1 do Jornal do Exército (JAN1960)


No dia 7 de Dezembro de 1959, reunidos numa dependência do Colégio Militar, o Brigadeiro David dos Santos (futuro 1º director do JE), os Majores Balula Cid (professor de Desenho do CM, caricaturista e futuro 1º chefe de redação), Pinto Coelho, Eduardo Fernandes e Tavares Figueiredo e o Capitão José Marques, redigiram uma proposta de criação do Jornal do Exército.

1960 –  A 11 de Janeiro é publicado um despacho do Ministro do Exército, Brigadeiro Afonso de Almeida Fernandes – Aprovo com a maior satisfação a presente proposta que vem ao encontro de uma aspiração que há muito acalentámos e que as circunstâncias parecem tornar agora oportuna. Conviria que o primeiro número do Jornal saísse ainda no corrente mês, o que julgo possível, em face do trabalho preliminar já realizado. O Jornal intitular-se-á Jornal do Exército (…).

– De facto, ainda em Janeiro, é feita a primeira tiragem do JE, com 20 mil exemplares.

– A 26 de Janeiro o Jornal do Exército abandona o CM e passa a ocupar o 2.º andar do N.º 61 da Rua da Escola Politécnica, em Lisboa. 

– A 14 de Julho, por Portaria do Ministério do Exército, é criado formalmente o Jornal do Exército, definido como: órgão de informação, cultura e recreio do Exército Português.

– No seu primeiro numero, na rubrica Noticiário Militar (pág 10), foi inserida uma interessante notícia sobre o Batalhão de Telegrafistas que pode ser consultada na seguinte imagem (clicar sucessivamente, 3 vezes, se pretender aumentar ao máximo):
Ed 1 de 1960 JORNAL DO EXÉRCITO - BT

Anúncios

Um comentário a “As Tm no nº 1 do Jornal do Exército (JAN1960)

  1. Considero interessante esta notícia na primeira página do primeiro número do Jornal do Exército sobre o Batalhão de Telegrafistas, numa altura em que o BT demonstrava uma apreciável dinâmica, que se viria a traduzir, nos anos seguintes na montagem do sistema de Transmissões Permanentes do Exército de apoio à Guerra Colonial.

    Sobre isto apenas uma advertência que poderá ser útil a quem, como eu, não tem grande prática no uso de computadores. Ao pretender ler a notícia verifiquei que a leitura era difícil, por estar em letra muito pequena. A solução que me indicou o coronel Canavilhas – e que resultou completamente- foi a de clicar na notícia para o tamanho da letra aumentar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s