Ainda a telegrafia ótica


Post do MGen Pedroso Lima, recebido por msg:

Há dias tive a agradável surpresa de receber um telefonema de um dos meus irmãos a comunicar que lera na edição do Público on-line (de 21 de setembro) uma notícia sobre a realização de um evento, patrocinado pela câmara Municipal de Mafra e relativo à divulgação da telegrafia ótica nas linhas de Torres, durante a guerra Peninsular.

O evento terá lugar já no dia 27 deste mês e eu muito gostaria de nele participar, o que infelizmente não pode acontecer. Por isso lembrei-me de, através deste post, reproduzir a notícia, pois pode haver algum leitor deste Blogue que possa e queira acompanhar esta louvável iniciativa.

O programa do evento, integrado nas Jornadas europeias do património, é o seguinte:

jornadaspatrimonioO que se propõe aos participantes nesta Corrida “Comunicar em Tempo de Guerra com Telegrafia Óptica”, num texto de Nuno Paisana,  é o seguinte:

“É uma prova diferente, não competitiva, uma aula ao vivo sobre a eficácia da Telegrafia Óptica no século XIX e acontece num dos percursos das Linhas de Torres, a 27 de Setembro.

Tem cerca de 16 km, ligando o Forte de S. Vicente em Torres Vedras ao topo da Serra do Socorro e, pela primeira vez, faz-se uma reconstituição de uma operação com réplicas dos telégrafos ópticos do século XIX, tentando de facto transmitir por esta via a uma dezena de quilómetros de distância.

Os corredores levarão cópia da mensagem a transmitir para garantir que a mesma chega ao destino e 80 por cento do percurso será em caminhos pedestres homologados, dispondo de sinalização própria, que será complementada por sinalização semelhante, mas específica do evento, método que será inovador.

O programa implica concentração dos participantes, às 14h00, na Serra do Socorro, Enxara do Bispo, para quem pretenda transporte até ao forte de S. Vicente, em Torres Vedras, local da partida às 15h00.

Cerca das 16h30, chegada dos corredores à Serra do Socorro, Enxara do Bispo, seguida de animação no telégrafo e lanche-convívio pela União das Freguesias de Enxara do Bispo, Gradil e Vila Franca do Rosário.

Informações em arquepedagogia@cm-mafra.pt e inscrições em www.cm-mafra.pt “

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s