AN/GRC-9


Um dos mais famosos rádios militares de sempre, quer na versão Backpack, quer em montagem veicular, ficou conhecido entre os anglo-saxónicos pelo “nick name” de Anger nine ou Angry nine (zangado nove), devido à sua nomenclatura. De origem americana (anos 40), foi também fabricado em França, na Alemanha e em Itália e utilizado por muitos países da NATO (Belgica, França, Alemanha, Grécia, Itália, Holanda e Portugal), pela antiga Jugoslávia (onde tinham a designação RUP-4) e pelas forças contra rebeldes na Nicarágua. Existiu até uma cópia Chinesa, feita durante a guerra do Vietname. Em Portugal existiram as versões americana, francesa e italiana e foi largamente utilizado no início da guerra em Angola e também nos restantes territórios. A versão backpack era formada por 3 conjuntos e exigia 3 homens para o seu transporte.
O AN/GRC-9 Radio Station foi um radio transmissor e receptor HF de baixa potência (1 a 15 w) que cobria 3 bandas AM-CW (2-3.6, 3.6-6.6 e 6.6-12 MHz) em sintonia continua. Podia ser alimentado por baterias (6, 12 ou 24 Volt) através de uma unidade de alimentação de vibrador (PE-237), ou de conversor (DY-88), ou ainda por meio de um gerador manual (GN-58). Quando usado apenas para recepção, podiam ser utilizadas pilhas secas (BA-48).
Podia usar três tipos de antena:
1. Antena tubular vertical, constituída por 5 secções atarraxadas umas nas outras, constituindo um mastro de 4,57 m, com um alcance médio de 30Km;
2. Antena filar horizontal de 74,57 m, constituída por duas secções separadas de fio de cobre nu, uma de 32,78 m (AT-101) e outra de 41,78 m (AT-102) de comprimento,  seccionáveis por meio de 8 isoladores de porcelana cada uma, e ajustada conforme as frequências pretendidas, com um alcance de cerca de 60 Km;
3. Antena dipolo (doublet) com um comprimento de cada braço entre 6,17 m e 35,56 m (conforme a frequência), constituída por linha de 50 a 72 Ohm, com um alcance médio de cerca de 100Km. No caso desta antena, os comprimentos dos alimentadores dos braços eram pré-definidos para as várias frequências e situavam-se entre os 5,33 m e os 29,13 m.
O conjunto da alimentação, acessórios, antenas e emissor/receptor (RT-77) é que era designado por AN/GRC-9.

Fonte principal: Instruções do posto-rádio AN/GRC-9, de 1963, da Direcção da Arma de Transmissões.
Manual: TM 11-263

Milhares de entradas na net sobre este rádio. Ver, por ex, informações aqui e aqui.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s